top of page
Buscar

Fibra Óptica

Atualmente, a tecnologia de fibra óptica está cada vez mais presente no nosso dia a dia, seja para a transmissão de dados, voz ou imagem. Ela é uma das tecnologias mais modernas e confiáveis ​​do mercado, proporcionando vantagens em relação a outras tecnologias de transmissão de dados. Neste artigo, vamos explorar os tipos de fibra óptica existentes, suas características e vantagens. Confira!


O que é fibra óptica?

A fibra óptica é um meio de transmissão de dados que utiliza um fio de vidro ou plástico, conhecido como núcleo, para transmitir sinais de luz de um ponto para outro. A luz é transmitida ao longo da fibra, que é revestida por uma camada de material mais resistente que a protege de danos físicos e interferências eletromagnéticas.


Tipos de fibra óptica

Existem dois tipos principais de fibra óptica: monomodo e multimodo.


Monomodo

A fibra óptica monomodo é ideal para transmissões de longa distância, uma vez que oferece menos atenuação do sinal. A sua espessura é menor que a fibra multimodo, mais especificamente esse tipo de fibra possui diâmetro entre 8 e 10 micrômetros, o que permite que apenas um raio de luz seja transmitido.

Isso significa que a fibra monomodo tem um alto desempenho em termos de alcance e largura de banda, tornando-a ideal para aplicações de longa distância, como em redes de telecomunicações.


Multimodo

Como dito acima, a fibra óptica multimodo é mais espessa que a monomodo, contando com diâmetro entre 50 e 62,5 micrômetros, o que permite a transmissão de vários feixes de luz. Apesar disso, esse tipo de fibra é indicado para distâncias menores, sendo comumente utilizado em redes locais (LANs).

Isso porque a fibra multimodo tem um desempenho um pouco inferior ao da monomodo em termos de alcance e largura de banda, já que o sinal pode sofrer atenuação e distorção à medida que é transmitido. Mas, de qualquer modo, é uma boa opção para redes locais de empresas, prédios e condomínios residenciais, pois atende de forma satisfatória esses ambientes, é mais econômico e fácil de instalar.


Qual é o melhor?

A escolha entre os dois tipos de fibra óptica depende das necessidades do projeto, da disponibilidade de recursos financeiros e da viabilidade de implementação da infraestrutura. Como mencionado acima, a fibra óptica monomodo é ideal para transmissões de longa distância e que demandam alto desempenho, enquanto a fibra óptica multimodo é mais adequada para redes locais.


Como é fabricado cada tipo de fibra óptica?

A fabricação das fibras ópticas monomodo e multimodo é um processo complexo que envolve etapas específicas para cada tipo.

A fibra óptica monomodo é produzida por meio de um processo conhecido como Deposição de Vapor por Fase (MCPVD, na sigla em inglês). Nesse processo, um bastão de vidro é aquecido até ficar líquido e então esticado até formar um fio fino uniforme. Em seguida, esse fio é revestido por uma camada protetora e cortado em comprimentos apropriados.

Já a fabricação da fibra óptica multimodo envolve a combinação de várias fibras em um único cabo. As fibras são produzidas de maneira semelhante à monomodo, mas com um diâmetro maior. Em seguida, elas são agrupadas e recobertas por um revestimento protetor que forma o cabo.


Vantagens da fibra óptica

A fibra óptica possui várias vantagens em relação a outras tecnologias de transmissão de dados. Algumas das principais são:

  • Maior largura de banda: a fibra óptica é capaz de transmitir grandes quantidades de dados em alta velocidade, proporcionando maior largura de banda para a transmissão de informações.

  • Imune a interferências: a fibra óptica é imune à interferência eletromagnética e radiofrequência, o que a torna menos suscetível a falhas devido à interferência externa.

  • Segurança: a fibra óptica é mais segura do que os cabos de cobre, pois é difícil interceptar os sinais transmitidos por meio dela. Isso a torna ideal para aplicações que exigem alto nível de segurança, como instituições financeiras.

  • Vida útil: a fibra óptica possui uma vida útil maior quando comparada ao cabeamento de cobre, o qual passa pelo processo de desgaste por oxidação.

Cabe ressaltar que, para usufruir dessas vantagens, é fundamental saber como identificar os tipos de fibra óptica e escolher aquele que melhor atenda às suas necessidades.

10 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page